Na rua da minha casa

meri post on maio 6th, 2020
Posted in Geral, Minhas poesias

Tem árvores, tem pássaros,

Tem também carros e espaços

Tem pessoas, tem casas

Tem barulhos, tem cachorros

Tem beleza

Tem famílias, tem problemas

Tem carteiros

Ah! os carteiros, outrora traziam sentimentos

Hoje trazem coisas e emoções virtualmente compradas.

Na rua da minha casa

Sinto-me segura

Pois lá o meu lar está.

Porto seguro a me esperar

De uma vida confusa

Acalmar e serenar

e na rede deitar e sonhar.

Bendita rua da minha casa, meu lar

alento para um coração cansado

De percorrer caminhos distantes.

Na rua da minha casa adoro voltar.

one responses .

  1. Lenita Laus Angelo disse:

    Minha casa, meu aconchego, que delícia de poema.

Deixe uma resposta para Lenita Laus Angelo Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *