Desejo

meri post on maio 6th, 2020
Posted in Geral, Minhas poesias

Viajei, não quis mais voltar

Fui buscar uma lembrança,

Uma emoção,

Um contentamento

Perdido em tempos idos.

Busquei na pessoas,

Consultei o tarô,

Um guru,

Um gato

Que ironia!

Não encontrei o que eu queria.

Continuei minha busca

escapando de viver

Ou vivendo na minha busca

Procurei algo intangível

Um pote de ouro no arco íris

A linha do horizonte

Perguntei ao hierofante

Que sorriu um sorriso intrigante

Busco ainda, não voltei

e não voltarei até achar

O estranho segredo que move o desejo de eu buscar!

6 responses .

  1. Lenita Laus Angelo disse:

    A vida é uma eterna busca. Continue …

  2. Luiza Larrossa disse:

    Quanta delicadeza e sensibilidade. Adorei!

  3. Claudia Laus Angelo disse:

    Essa busca é infinita. Linda expressão dessa poesia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *