13 de fevereiro de 2011

O saber se manifesta em todas as formas de vida. Através do desenrolar das transformações diárias, observa-se a sabedoria em tudo. No mundo vegetal, animal, mineral e humano.

Quando falamos em sincronicidade nos eventos humanos, os saberes da natureza, vemos o quanto de sincronicidade existe nela. A harmonia que existe, mesmo quando o tigre apanha sua presa para alimentar-se. É um  ato brutal em que uma vida animal é ceifada, mas no relógio da natureza é necessário e imprescindível o predador e a caça. Isto é exemplo de sincronia, porque estão integrados na  natureza, são o TODO, portanto sem a dualidade do mundo humano: eu e você, tristeza e alegria, negativo e positivo.

Claro que não devemos perder nossas consciências individuais, mas nos integrarmos mais, ser eu e sermos nós. Mergulhar numa consciência universal através do AMOR MAIOR, nos libertarmos de padrões desgastados de comportamentos repetitivos através das eras.

O entendimento é urgente, não há sofrimento quando se compreende a LEI MAIOR. Vivam, sejam felizes. Sede alegres. Olhai para a beleza de vosso mundo e orientai seu coração para a vida, para o conhecimento e para a Paz.

Que os vossos corações se encham de esperança.

Deixe um comentário